Escrita avulsa retirada da gaveta: diarística, textos esparsos, relíquias, memórias, antiguidades, velharias e outras inutilidades.

07
Mai 14

 

 

«Momento»

 

Eis a paisagem: cenário de cordas enternecidas

Subindo noites no bolor interestelar.

Relâmpagos, néons, e por fim a tempestade solar

No céu sem sombra da memória incandescida.

 

Em cada aranha um filamento articular,

Em cada fio uma distância irresolvida.

Terás na vida a sempre teia a tricotar:

Serás insecto sem projecto e sem descida.

 

                                                                                   4 Nov. 1983

                                                                           © Pedro Barbosa

publicado por Pedro Barbosa às 22:32

Maio 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


subscrever feeds
arquivos
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO